Desmatamento na Amazônia causa falta de água no Sudeste

10/11/2015 11:05

As áreas desmatadas na floresta somam uma área maior que França e Alemanha juntas


Desmatamento na Amazônia já atinge 20% da floresta original (Reprodução/UOL)

O desmatamento na Amazônia é uma das causas da crise de abastecimento de água no Sudeste. A ausência de árvores influencia na geração de chuvas para as regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil, que são produzidas em parte pela umidade que vem da Amazônia. Com menos árvores, menos umidade chega à atmosfera e ocorrem menos chuvas.
“Essas chuvas que ocorrem principalmente durante o verão, a umidade é oriunda da Amazônia. E essa chuva que fica vários dias é que recarrega os principais reservatórios da Região Sudeste”, explica Gilvan Sampaio, climatologista do Inpe, em entrevista à TV Globo.
Cerca de 20% das árvores da Amazônia original foram derrubadas e o crime ambiental muitas vezes é cometido para a abertura de pastagem para gado, no qual a madeira nem é aproveitada. As áreas desmatadas na floresta somam uma área maior que França e Alemanha juntas.

As árvores são como dutos

O que a Amazônia tem de diferente das demais florestas tropicais é a Cordilheira dos Andes, que impede que a umidade se disperse no Oceano Pacífico. As árvores têm função essencial para a produção das chuvas.
Com raízes muito profundas, entre 20 e 30 metros, elas sugam a água da terra e espalham a umidade pela transpiração. Com isso, a floresta consegue bombear 20 bilhões de toneladas de água por dia do solo para a atmosfera.
“Se você tivesse uma chaleira gigante ligada na tomada, você precisaria de eletricidade da Usina de Itaipu, que é a maior do mundo em potência, funcionando por 145 anos para evaporar um dia de água na Amazônia. Quantas Itaipus precisaria para fazer o mesmo trabalho que as árvores estão fazendo silenciosamente lá? 50 mil usinas Itaipu”, explica o pesquisador Antônio Nobre.
O desmatamento na Amazônia não é um problema restrito ao Norte do país, mas traz consequências para todos, influenciando também a produção de chuvas de outros países, como Bolívia, Paraguai, Argentina, Uruguai e até o extremo sul do Chile.
 

Contato

SAAE TAPARUBA - MG

Rua Alberto de Lima, 135 - Centro
Taparuba - MG
36953-000


(33) 3314 -8033